sábado, 2 de outubro de 2010

"My middle name is Susan, my last name is Pierce. That makes me Brittany S. Pierce, Brittany Spierce. I've lived my entire life in Britney Spears' shadow and I will never be as talented or as famous. I hope you'll all respect that I want glee club to remain a place where I, Brittany S. Pierce, can escape the torment of Britney Spears."

Brittany

É com essa pérola da Brittany que eu começo esse post, que terá muitas séries como assunto. Preparem-se desde já e tomem cuidado com os spoilers por aí! :P

Apesar de ter começado o post com um quote da série Glee, a primeira série que irei comentar aqui será Dexter. Após uma season finale espetacular, a série retornou nessa semana com episódios inéditos e eu só conseguir assistir a season premiere da 5ª temporada na terça-feira (28/09).



O 5x01, My Bad, mostrou um abalado Dexter lidando com a morte da mulher. A cena dele contando para as crianças que a Rita morreu enquanto usava um chapéu com orelhas do Mickey foi épica e digna dele. Outra cena que merece destaque foi quando ele finalmente caiu em si que sua mulher tinha morrido, foi uma cena bem emocionante ele explodindo dentro do banheiro e matando um cara. Os flashbacks mostrando o Dex conhecendo a Rita foram as cenas mais leves de um episódio muito emocionante. E ao que parece o Dex anda bem mais humano do que ele pensa.

Após assistir Dexter eu fui pra casa do meu irmão. Lá eu aproveitei pra ficar com meu sobrinho, entregar uma lembrancinha que trouxe de Aparecida pro meu pai (ele até se emocionou hahaha) e é só isso mesmo.

Na quarta-feira (29/09) eu voltei pra casa na hora do almoço e assim que eu tive tempo fui atrás do 2x02 de Glee pra baixar. O segundo episódio especial da série, Britney/Brittany, foi épico assim como o The Power of Madonna da primeira temporada, só que dessa vez o Glee Club não saiu por ai cantando Britney a toda hora.



A grande sacada e diferença desse episódio é que tecnicamente apenas uma apresentação acontece, todas as outras ocorrem graças ao alucinógeno. Deixem-me explicar melhor, alguns membros do Glee Club são encaminhados para o dentista, que é o novo namorado da Emma, e quando eles são anestesiados acabam tendo alucinações com a Britney. A primeira a ter a alucinação é a Brittany, a estrela do episódio, que faz uma performance de I'm Slave 4 U com vários trajes usado pela Brtiney em seus clipes. Na segunda consuta ao dentista, a Brittany leva a Santana, e juntas elas fazem uma versão de Me Against the Music identica ao clipe original. Outra que faz uma versão idêntica a original é a Rachel com ...Baby One More Time. Já o Artie protagoniza uma versão totalmente nova de Stronger, onde ele aparece em sua cadeira de rodas arrasando no campo de futebol. O Kurt, coitado, que tanto lutou para o Glee Club fazer uma apresentação da Britney acabou não cantando nenhuma música, mas participou da apresentação de Toxic que rolou no auditório. A propósito essa apresentação mostrou bem a evolução do pessoal,principalmente em relação a coreografia, mas o Will se apresentando com os alunos foi um absurdo, tudo bem que ele queria impressionar a Emma, mas tenha dó, né? Ri demais quando a Sue apertou o alarme de incêndio e todo mundo saiu correndo de lá! Enfim, o episódio foi maravilhoso, várias piadas em relação a vida da Britney foram utilizadas, mas apara mim foi a música do Paramore, The Only Exception, que a Rachel cantou no final do episódio que roubou a atenção. Basicamente durante o episódio ela ficou na dúvida se o Finn realmente gostava dela, e após muitos mimimis, entre eles da própria Rachel pedindo pra Quinn dar em cima dele, ela se declara com essa música. The Only Exception se encaixou perfeitamente com a história dos dois e a edição que fizeram foi perfeita! Na cena que ela começou a cantar eu me arrepiei, sério. Que venha o próximo episódio especial e seja tão bom - ou melhor! - que os dois primeiros! :)

Na quinta-feira (30/09) eu finalmente consegui assistir a season finale de Gilmore Girls. Eu acompanhava a série pelo SBT (tanto na época que passava aos sábados como quando passava de madrugada), mas o canal não transmitiu todas as temporadas! ¬¬ Quando colocamos tv a cabo aqui em casa já tava na penúltima ou última temporada, aí eu nem acompanhei fielmente, assistia um episódio ou outro e a season finale eu não consegui assistir em nenhuma das vezes que foi reprisada, mas graças ao Boomerang eu pude ver desde o primeiro episódio da primeira temporada até o vigésimo segundo episódio da sétima - e última - temporada.



Não sei para vocês, mas para mim a Lorelai sempre foi minha personagem favorita da série e também uma das melhores personagens já criadas! Desde o começo eu torci pra ela ficar com o Luke (acho que assim como todo mundo...) e bem... acho que não preciso dizer como a relação dela com a filha é linda, né? Ao longo das sete temporadas elas passaram por poucas e boas, na época que elas ficaram de mal era péssimo, pois ver as duas juntos falando uma lingua própria é a melhor coisa que tem, mas essa fase passou e eles cresceram juntas. A Rory nós acampanhamos do começo do último ano na escola até um pouco depois dela se formar na faculdade, já a Lorelai nós vimos passar de uma funcionária de hotel para dona de uma pousada. Não tem como negar o quanto essa season finale foi foda! Ok, nós não vimos a Lorelai de casando com o Luke e nem soubemos quem será o próximo amor da Rory, mas o principal nos foi mostrado. O ciclo da mãe criando sua filha para o mundo foi fechado e apesar de não vermos um casamento, o Luke e a Lorelai acabam se entendendo do final. A última cena do episódio é praticamente a mesma cena do final do primeiro episódio, apenas o assunto é um pouco diferente. Final perfeito! (L)

Pouco tempo depois que a season finale de GG acabou, minha mãe chegou em casa com a minha prima Grazy, aí eu passei o resto da tarde no computador e ao mesmo tempo brincando com a Grazy e sua lousinha mágica! xD De noite a gente foi pra casa da tia Mercedes, pois era aniversário do meu primo Luan, e no caminho teve merda! u.u Eu descu do ônibus, virei pra pegar a Grazy e nisso o mo(nstro)torista fechou a porta em cima da gente! Se eu não tivesse segurado as portas com os braços acho que minha prima tinha sido esmagada, sério! o.o Detalhe que todo mundo do ônibus e do ponto ficou berrando e foi muito sem noção o que ele fez, pois minha mãe tava atrás dela pra descer, logo não tinha motivo pra fechar as portas! ¬¬ Enfim, depois disso as coisas melhoraram (tirando o hematoma roxo que ficou no meu braço direito...) na casa da minha tia e a destinha foi ótima, tanto que só chegamos em casa depois da meia noite.

Ontem, sexta-feira (01/10), foi um dia e tanto para os fãs do McFLY, afinal a Super City iria ser inaugurada! Infelizmente como eu não tenho cartão e nem dinheiro, não pude me cadastrar no site, que é uma espécia de rede social, como pioneiro, por enquanto to como turista, mas espero que daqui pra frente isso mude. Enfim, o projeto todo em si foi bem legal, mas eles aparentemente não previram que isso seria um sucesso e com isso o servidor não aguentou o grande número de acessos... Resultado? O site fechou temporariamente para manutenção. Será esse um sinal para que eu consiga ser um pioneiro da Super City? Assim espero! :P

Hoje, sábado (02/10), sinceramente eu não fiz NADA demais... Daqui a pouco vou preparar minha cola pra votar amanhã e depois foi procurar um filme pra ver na tv ou qualquer coisa eu assisto série aqui no pc msm! Hehehe...

Por último e não menos importante: o que são os pôsteres de HP7!?! *-----* Lindos, lindos, lindos! Até o momento foram divulgados quatro: um individual do Harry, Mione e Rone, além de um do trio fugindo em uma floresta. Vou postar a miniatura deles abaixo, para ampliar é só clicar em cima deles:



E é com esses pôsteres maravilhosos que eu me despeço. Até! ;D

x

♪ McFLY - End of the World

2 Comentário(s)   
   Publicado por Rodrigo às 23:01