terça-feira, 25 de janeiro de 2011

E mais uma vez eu digo: preparem-se para ler. Motivo? Ontem, segunda-feira (24/01), aconteceu o show da banda All Time Low no Sofitel Jequitimar, na praia de Pernambuco, em Guarujá. Antes de assistir ao show deles eu tive a oportunidade de conhecer a banda, pois ganhei uma promoção, e além disso revi gente conhecida, conheci mais um monte de gente e graças a Deus tudo deu certo nesse dia, ainda bem! :D Para mais detalhes é só continuar lendo...

Minha jornada começou após o almoço. Tomei banho, arrumei minha mochila e fui pro ponto, crente que o ônibus logo passaria. Fiquei uma hora naquela porra e nada! ¬¬ Já tava começando a entrar em desespero, afinal tinham me falado pra chegar lá por volta das 17 hrs e eu só peguei o bendito ônibus as 16 hrs! Comecei a ficar tenso, mas por sorte me ligaram no meio do caminho falando que ainda não tinham decidido se o ATL veria a gente antes ou depois do show. Mais tarde recebi outra ligação, iríamos conhecer eles por volta das 19 hrs. Quando ouvi isso foi um alívio! Chegar no Guarujá foi mais difícil do que chegar em SP, acreditam? Foi uma viagem até chegar lá e eu ainda tive que pegar outro ônibus pra chegar até o local do show. Por sorte achei um cara que ia descer lá, ai fiquei mais tranquilo.

Assim que cheguei no local do show surgiu outra preocupação: o ingresso. Mas por sorte logo achei um cara que me vendeu um ingresso pra pista mais barato. Antes de entrar encontrei com a Thatoka e uns amigos dela lá na frente. Aí eu e ela demos uma volta pelo hotel tentando descobrir onde era o ponto de encontro e quando isso finalmente aconteceu me juntei a outros ganhadores de promoção.

Na hora que a gente entrou lá pra ficar esperando fiquei bem tenso, minha mão tremia pra cacete, mas eu não era o único. Por sorte começamos a bater papo - encontrei uma menina fã de The Rocket Summer lá *-* -, falar besteira aí diminuiu um pouco o nervosismo. Durante a espera vimos o André Vasco (que era da MTV e agora tá no SBT), um carinha do Motiom City Soundtrack e a dupla do Collage 11. Pouco tempo depois que eles passaram, o pessoal da produção falou pra gente se acalmar, desligar os telefones e falaram que só teríamos direito a fotos, nada de autógrafos. 3, 2, 1... entramos na sala e lá estavam eles: Jack, Rian, Alex e Zack.

Foi engraçado, na hora que entrei e vi eles lá fiquei até que bem tranquilo. Eles comprimentaram a gente de longe e enquanto terminavam de tirar umas fotos (Jack não parava de fazer piadinha e o Alex não calava a boca) a gente ficou sentado esperando. Aí nos falaram como seria o esquema, iríamos por grupos de cada promoção. Eu era do segundo grupo... e quando liberaram a gente eu dei aquela respirada funda e fui...



As meninas que foram comigo comprimentaram o Jack e o Rian rapidinho e foram pra cima do Alex e do Zack HAUHAHUAHUHAU... Quando eu cheguei perto do Jack ele deu oi perguntou como eu tava, aí eu dei a mão pra ele e depois ele me abraçou. Aí a gente foi tirar as fotos e o Jack ficou zoando o carinha que tava com a minha câmera mandando ele apertar o botão (graças a isso consegui duas fotos diferentes! xD). Quando eu falei com o Rian foi mais ou menos a mesma coisa que foi com o Jack. Já na hora que eu fui falar com o Alex tive que chamar a atenção dele, pq ele tava super compenetrado segurando bebiba, aí eu "Hey, Alex...", aí ele voltou pra terra, olhou pra minha cara e falou "Oh... hi!". Com o Zack só deu tempo de comprimentar rapidinho mesmo... Isso tudo aí foram em o que? Uns dois minutos? HUAHHAUHAUHUA... foi MUITO rápido, mas foi SUPER legal! Virei fã do Jack depois disso, mas todos foram bem simpáticos com a gente. Nem acredito que conheci uma banda que eu gosto! *-* Espero que essa tenha sido a primeira de muitas! Hehehe...

Quando a gente saiu de lá fomos ver como as fotos tinham ficado, combinamos de nos comunicar pelo Twitter pra poder pegar as fotos e depois cada um foi pra um lado. Logo eu encontrei a Thatoka, que me apresentou pra Saportinha e pra Grazi, que também iam ficar na pista. Papo vai, papo vem... e daqui a pouco a Thatoka volta com uma pulseira pra pista VIP, aí eu fui com ela pra pertinho do palco! *-*

Não muito tempo depois o Motion City Soundtrack entrou no palco e fez um show muito bom! O prêmio de mais empolgado durante o show vai para o Renato, amigo da Thatoka, que além de não ficar parado ainda ficava agitando o pessoal! Foi muito engraçado quando o Ivo saiu correndo pra pegar a palheta do Motion City Soundtrack pra ele. Quando o show chegou ao fim, enquanto o pessoal arrumava o palco, o público começava a berrar pelo All Time Low e por volta das 21 horas eles entraram no palco!



Começar um show com Lost In Stereo é a melhor coisa do mundo, pois todo mundo já começa a pular e cantar junto e é aquela festa! Quando a música terminou eles comprimentaram o público e conversaram um pouco (Jack sempre fazendo piadinhas...), se apresentaram e começaram a tocar Stella - essa foi a segunda música do show e o microfone do Jack já estava LOTADO de sutiãs! Surtei muito quando começaram a tocar Break Your Little Heart! *-* "...You were fake, I was great. Nothing personal..." filosofia pura isso aí! (y)

Antes de Coffee Shop Soundtrack o Alex cantou o trecho de uma música, que eu não reconheci, pro Jack, que retrubuiu o "favor" mostrando o dedo do meio pra ele! HAUHUAHUHAUHAU... Ri demais com o Alex vestindo uma bóia que tavam segurando na platéia - pessoal demorou pra entender que ele tava pedindo ela u_u -, ele ia tentar tocar vestindo (?) a bóia, mas não deu certo. Em Keep The Change, You Filthy Animal eram poucas pessoas que cantavam, assim como em Shameless, mas nessa o pessoal ainda tava mais empolgado.



No começo de Jasey Rae o Jack mostrou o recado que tava na guitarra: That's a bingo! Alex ficou super contente vendo todo mundo cantar "I've never told a lie, and that makes me a liar. I've never made a bet, but we gamble with desire...". Em Poppin' Champagne eu tenho certeza que o Alex apontou pra mim, pois só dava eu berrando e pulando no trecho "I'm just a boy with a dream..."! *-* Six Feet Under The Stars foi a próxima música que eles tocaram e foi ótima!

Em A Party Song (The Walk Of Shame) o Alex resolveu ficar derrubando o microfone do Jack, aí iam arrumar e ele derrubava de novo! lol Damned If I Do Ya (Damned If I Don't) foi foda demais! *-* No final da música eles se jogaram no chão pra terminar de tocar e depois disso sairam do palco. Nisso todo mundo já começou a berrar "All Time Low! All Time Low! All Time Low! ...", aí o Alex voltou sozinho pro palco com seu violão, disse que era o Alex, que amava todo mundo e pediu a ajuda de todos pra cantar Remembering Sunday! *-* McFLY que me desculpe, mas essa foi a música acústica mais linda que eu vi num show até hoje. Quando o Alex começou a tocar até arrepiei, foi lindo DEMAIS! E a cara de orgulho dele quando todo mundo cantava? *-----*



Enquanto toda a banda voltava pro palco todo mundo começou a berrar "Therapy! Therapy! Therapy! ..." e nosso pedido foi escutado e eles começaram a tocar Therapy! *-* Ok, foi só até o refrão, mas eles tocaram e foi lindo (mas ao vivo prefiro mais Remembering Sunday (L)), o Rian até se empolgou na bateria, parecia que iam além de um trecho da música, mas foi só isso mesmo e eu adorei! xD Pro clima dramático ser deixado de lado só com Weightless mesmo, que fez todo mundo pular! *-* A última música do show foi Dear Maria, Count Me In. No final dela o Jack ajudou o Rian a tocar bateria enquanto o Alex agradecia o pessoal e se despedia do público.

O show foi curto (acho que não chegou nem a ter uma hora e meia de duração), mas foi muito foda! Eu cantei, pulei, berrei e me diverti pra caramba. Após assistir o show do ATL preciso dizer que o Jack faz um show a parte no palco, pois ele vai de um lado pro outro, fica fazendo palhaçada, manda recados com bilhetes na guitarra e volte e meia ia encher o saco de alguém do grupo. Confesso também que pela primeira vez eu consegui ver um baterista durante todo o show hahaha... Rian apareceu em um monte de foto que eu tirei. Zack ficou super na dele no canto esquerdo do palco, nem deu as caras no lado direito. Enfim, tem umas coisas do show que eu lembro, mas não sei bem quando aconteceram (tipo o Jack e o Alex sentando pra conversar com o pessoal enquanto descansavam um pouco), por isso deixei de fora.



Voltar pra casa foi outra saga. Me despedi do pessoal e fui pro ponto de ônibus. Por sorte encontrei a Pri por lá e a gente voltou conversando. Acho que nunca fiquei tão feliz em ver Santos quanto nesse dia quanto a balsa tava pra atracar, sério! Ainda tive que pegar dois ônibus para chegar em casa, pois meus planos sofreram drásticas mudanças, mas isso é um mero detalhe no meio disso tudo. Se não me engano cheguei em casa quase uma da manhã, aí vim correndo pro pc pra passar as fotos e contar todos os detalhes dessa saga pra Paty.

Obs: Sinto em dizer isso, mas se você perdeu o All Time Low no Brasil irá se arrepender, mas na próxima vez que eles voltarem faça o possível e o impossível pra ver os caras ao vivo, pois vale MUITO a pena isso! (y)

x

♪ 3OH!3 - Streets Of Gold

3 Comentário(s)   
   Publicado por Rodrigo às 22:52